Real, Jussara, Pupunha, açaí… Conheça os tipos de palmito e suas as diferenças.

O palmito é um alimento obtido do “miolo” da palmeira. Trata-se de um cilindro branco contendo, em seu interior, camadas de fibras enroladas de textura macia e um tanto lisa. Com esse cilindro se faz o palmito, para isso, se corta, fatia, cozinha e conserva em salmoura, para que seja consumido frio, acompanhando saladas ou cozidos em diversas receitas.Mas qual o melhor e mais adequado palmito para os seus pratos? Conheça agora os 5 tipos de palmito, suas principais características e diferenças para você arrasar nas receitas.

Dica: Antes de consumir, ferva o palmito por 15 minutos para se proteger do Botulismo, é o que recomenda o Ministério da Saúde.

 

  1. Palmito-pupunha

O mais comum e presente no mercado e é o mais sustentável, pois, possibilita o plantio e replantio em um curto espaço de tempo e a palmeira não morre, ao ser cortada. É fioso, com miolo macio, tem sabor suave e possui baixo teor calórico. Não costuma escurecer, pois não possui antioxidantes, por isso, é ideal para saladas e pratos frios.

 

  1. Palmito-juçara

Em ameaça de extinção, devido à extração excessiva e ilegal, o palmito-juçara é nativo da Mata Atlântica. Geralmente, é mais vistoso e carnudo que os outros palmitos. Para produzir o palmito-juçara, aproveita-se somente 10% da palmeira, que morre ao ser cortada. O replantio dessa palmeira demora cerca de dez anos até o desenvolvimento de uma planta adulta.

 

  1. Palmito-açaí

Uma alternativa de consumo no lugar do palmito-juçara. O palmito-açaí é macio e suculento, parecido com o juçara. É nativo da Mata Atlântica e começou a ficar mais evidenciado no mercado quando o juçara entrou em ameaça de extinção. A extração do palmito-açaí é menos nociva do que a extração do juçara, já que cada touceira de açaizeiro possui de 4 a 5 caules, contribuindo para que a extração ocorra, alternadamente, entre as árvores de palmito. É um tipo de palmito bem presente no mercado.

 

  1. Palmito-real

Sabor leve e delicado, o palmito da palmeira real é menos comum, mas é um produto de textura macia, cor branca e sabor brando, entre o doce e o amargo. Oriundo da Austrália, se adaptou bem ao solo e clima do Brasil. A palmeira-real, antes era usada para fins ornamentais, mas depois se descobriu o seu palmito.

 

  1. Palmito-guariroba

Palmito exótico, bem peculiar, sabor amargo e pouco conhecido. Este palmito tem textura firme e é bom cozinhá-lo bem, antes do consumo.

 

 


Encontre as Amêndoas Torradas Vila Oliva nos principais Supermercados de Minas Gerais.
Ou, se preferir, entre em contato com nossa equipe de vendas:
www.emporiovilaoliva.com.br | (31) 3036-8888.

Venha visitar nossa loja na CeasaMinas:
BR 040 – KM 688, PAV 1, Loja 15

Publicado em: 10/01/2020

Converse pelo WhatsApp